Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Câmara de Ansião ambiciosa endividou-se mas fez obra

04.06.08, ansiaonews

Escrito por Luís Santos   
04-Jun-2008

 
Image“As nossas dívidas são facilmente explicáveis em face da obra que realizámos”, esclarece o presidente da Câmara Municipal de Ansião, para quem a “ambição traduziu-se em investimentos necessários para o concelho, lançados muito antes da imposição de um limite ao endividamento”.
Segundo Fernando Marques, “em 2007 a autarquia teve uma receita de 14 milhões de euros e possui uma dívida de 10 milhões de euros, o que é sustentável, mas ultrapassa o tecto fixado pela Administração Central e faz com que tenhamos sido penalizados com o corte das subvenções para o município”, referiu no programa “Dois dedos de conversa”, realizado na Góis Joalheiro, em Coimbra, e que foi transmitido sexta-feira, na Rádio Regional do Centro (96.2 FM).
Presidente da Câmara há vários mandatos, o autarca sublinhou que o concelho de Ansião “está diferente e para melhor”, destacando a rede de 400km de estradas pavimentadas, assim como os investimentos feitos em infraestruturas desportivas, culturais, educativas e industriais.
Quanto ao desenvolvimento da actividade económica, Fernando Marques anunciou para Setembro a abertura do Centro de Negócios, orçado em dois milhões de euros, que inclui um auditório, centro de exposições, salas para formação, uma agência bancária, um posto de correio, a sede da Associação Empresarial, um centro de novas oportunidades e espaços para incubação de empresas.
Outra das obras que o autarca destacou foi o Centro de Interpretação Ambiental, inaugurado no feriado municipal e que possui um auditório, salas polivalentes e um antigo lagar movido a água, no âmbito da requalificação da zona envolvente à nascente do rio Nabão, enquanto que na vila as margem têm zonas de lazer, percursos para caminhadas e pequenos parques.
Num concelho que tem a maior mancha de carvalho da Península Ibérica, o qual se pretende consagrar como parque ecológico, existe um “cabaz” de produtos como o queijo Rabaçal, o cabrito, o borrego e o vinho das Terras de Sicó, a cuja associação de desenvolvimento, que este ano assinala 20 anos, o autarca preside.
Município com 15.000 habitantes, Ansião também se viu confrontado com a hipótese de encerramento de serviços públicos, o que leva Fernando Marques a referir que “será meio caminho andado para fechar concelhos”. Ressalvado não ser, em princípio, contra uma reorganização administrativa, este presidente de Câmara, que é também o líder distrital de Leiria do PSD, considera que “este Governo ouve pouco os autarcas, fecha-se em Lisboa, quando o poder local é o responsável pelo desenvolvimento do país desde o 25 de Abril”.
Sobre se irá recandidatar-se a mais um mandato nas próximas eleições autárquicas, Fernando Marques confessa que “já tomou uma decisão”, mas “só a anunciará no final do ano”. “Seria incorrecto dar a conhecer pela comunicação social e fá-lo-ei, em primeira mão, na Comissão Política social-democrata”, declarou.
O programa “Dois dedos de conversa”, que pode ser ouvido em permanência na Internet, em www.radioregionalcentro.com, terá como convidado, amanhã, entre as 17h00 e as 18h00, na RRC em 96.2 FM, o presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Paulo Tito Morgado.
in: O Campeão das Províncias, 4 Junho08