Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Novas Oportunidades na região Centro

21.02.08, ansiaonews
António Rosado

Os municípios de Pombal e Ansião querem liderar o processo de formação de adultos na região Centro. Nessa perspectiva juntaram esforços para realizar, ontem, o III Encontro de Centros de Novas Oportunidades.

As duas escolas profissionais, artísticas e tecnológicas de Pombal e Sicó (Avelar), aderiram com todo o entusiasmo à nova aposta do Ministério da Educação para a educação de adultos.

Num encontro onde se fez o balanço do primeiro ano de funcionamento dos Centros de Novas Oportunidades (CNO), o presidente da autarquia de Pombal, Narciso Mota, reconheceu que " embora não possamos ainda aferir os resultados destas iniciativas e a valorização dos nossos recursos humanos... essa motivação e expectativas acabarão por contribuir, mais cedo ou mais tarde, para o desenvolvimento do município".

Também o autarca de Ansião, concelho que acolhe a sede ETP Sicó, revelou a sua confiança de que estes centros possam elevar o nível de formação dos portugueses, não apenas em termos estatísticos, mas também na aquisição de conhecimentos, de forma a contrariar a fatalidade com que se confrontam os concelhos do interior, onde "a falta de mão-de-obra qualificada cria dificuldades para que as empresas se possam instalar".
Na ocasião, perante cerca de uma centena de pessoas reunidas no Teatro-Cine de pombal, a vice-presidente da Agência Nacional para a Qualificação, Maria do Carmo, destacou o "momento histórico" que o país está a viver neste sector, permitindo que muitos milhares de cidadãos possam dar o "salto qualitativo", atendendo a que 3,5 milhões de pessoas não têm habilitações académicas sequer ao nível do Ensino Secundário.
As escolas profissionais de Pombal (ETAP) e de Avelar/Ansião (ETP Sicó) contam, no seu conjunto com 884 formandos no Ensino Básico (9.º ano) e 493 formandos no Ensino Secundário. Os números não bastam. Para o chefe da autarquia de Pombal, "é preciso avaliar a eficiência, a pertinência das formações realizadas", facto que deve "ter em conta o conhecimento do território para que se possa, na realidade, conhecer os problemas que lhe estão inerentes e aplicar a metodologia correcta".


in:

As Beiras On line, 21Fev08