Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Pinhal Interior Norte: Municípios apostam no turismo para combater interioridade

19.02.08, ansiaonews

Leiria, 19 Fev (Lusa) - Os municípios do Pinhal Interior Norte, que reúne concelhos de Leiria e Coimbra, vão apresentar no início de Março um plano estratégico que aposta no turismo para combater a interioridade e a desertificação existente, anunciou hoje um dos autarcas.

No final de uma reunião de vários autarcas da região, Fernando Marques, presidente da Câmara de Ansião, revelou à Agência Lusa que o "plano estratégico vai ser apresentado em Março", procurando "enquadrar uma estratégia de desenvolvimento comum" aos vários municípios que compõem esta nova estrutura.

A Associação de Municípios do Pinhal Interior Norte foi criada em Janeiro, obedecendo aos critérios do novo Quadro de Referência Estratégica Nacional (QREN) e reunindo os Concelhos de Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande (Distrito de Leiria), Arganil, Góis, Lousã, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penela, Tábua e Vila Nova de Poiares (Distrito de Coimbra).

Este plano estratégico vai "enquadrar as candidaturas ao QREN", respondendo assim a um pedido nesse sentido da Comissão de Coordenação e de Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, explicou o autarca.

A "trave-mestra do plano é aproveitar aquilo que temos de comum e valorizar as florestas ou o turismo" como formas de inverter a desertificação de muitos concelhos.

Além disso, no plano constam "parques empresariais e parques temáticos ou estratégias de valorização de produtos locais", explicou Fernando Marques, que destaca ainda a aposta em novos centros educativos, acabando com escolas ainda isoladas, e a conclusão de alguns equipamentos desportivos.

No que respeita à rede viária, os municípios vão reclamar da tutela mais apoios, procurando "resolver alguns problemas estruturais" que ainda não têm resposta do Governo, acrescentou o autarca.

Além destas questões regionais, cada município irá incluir do documento final projectos locais que são necessários "para o seu próprio desenvolvimento mas sempre integrados numa estratégia conjunta para este interior desertificado", salientou ainda Fernando Marques.

PJA.

Lusa/Fim

in: Notícias Sapo