Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Assaltos consecutivos levaram a encerramento de loja

23.01.08, ansiaonews
António Rosado

Dois assaltos à mesma loja, localizada no Avelar, concelho de Ansião, registados em semanas consecutivas, levaram a proprietária a encerrar as portas até que as condições de segurança sejam reforçadas.

“Não se aguenta tanto ladrão”.

Foi com esta frase, escrita num cartaz afixado na montra da loja de Decorações Ana, que a proprietária justificou o encerramento temporário do estabelecimento comercial, pelo menos até final desta semana. Dezenas de peças de tecido, roupa de cama e edredons são artigos que fazem parte da mercadoria furtada durante essas duas noites, com recurso a arrombamento da porta principal da loja através do que se presume ter sido um pé-de-cabra. Na sua cruzada contra os ladrões, Ana Neves Gonçalves não se ficou por aqui e rapidamente promoveu um abaixo-assinado de cinco páginas, completamente preenchidas com nomes de residentes e, principalmente, comerciantes da vila, a enviar ao Governo Civil de Leiria. Embora a povoação rivalize em número de habitantes com a sede de concelho, não está dotada de um posto da GNR, lacuna que as populações locais têm vindo a denunciar há cerca de duas décadas, posição que é subscrita pelo próprio presidente da Câmara Municipal de Ansião, Fernando Marques.
No abaixo-assinado posto a circular na semana passada é referido que "nos últimos tempos verificou-se um agravamento da insegurança na vila do Avelar", questionando as autoridades sobre se "esta vila não merece mais segurança?".

GNR garante que está atenta

Em resposta, Hugo Carneiro, comandante do Posto Territorial de Pombal – que tem jurisdição sobre todos os concelhos do Norte do distrito de Leiria – confirmou que "nas últimas semanas tivemos três ou quatro furtos", apressando-se a acrescentar que "não passam de uma situação isolada, mas estamos a trabalhar na sua resolução". O oficial aproveitou a oportunidade para "sensibilizar a população de forma a que tenham procedimentos de segurança", considerando que os cidadãos também devem ter em conta medidas mínimas de precaução. Das palavras aos actos, terá sido nisso que Ana Neves Gonçalves pensou quando encerrou a sua loja para instalar um alarme contra intrusão e colocação de grades nas portas e janelas, procedimento que será o próximo passo, a executar até ao final da semana.
A lojista afirma estar muito assustada porque foi a primeira vez que se viu confrontada com a consumação de furtos, embora uma outra loja sua, localizada em Figueiró dos Vinhos, já tenha sido alvo de tentativa de assalto, pelo menos, por duas vezes. Só que, nessas circunstâncias, os ladrões sempre foram surpreendidos antes de consumarem o crime, fugindo de imediato, após a família, que vive no primeiro andar do estabelecimento comercial, ter dado o alerta.

 

in: Jornal As Beiras, 23Jan08

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.