Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

V Festa da Espeleo em Ansião

22.11.07, ansiaonews
GPS
 
Orientados para a Espeleologia
 

Para eles a vida não é só descubrir grutas e descê-las, mas sim muito mais. O GPS (Grupo de Protecção de Sicó) faz em Agosto próximo 10 anos de vida, mas no entanto as celebrações desta data já começaram, com a V Festa da Espeleo que vai decorrer no próximo fim de semana em Ansião.
Tudo começou há cerca de 10 anos, em Pombal, quando um grupo de 10 espeleólogos resolveu, num frio mês de Janeiro, criar uma associação de espeleologia no concelho, com o intuito de praticar esta actividade na região, até então apenas praticada pelo extento GAEP (Grupo de Arqueologia e Espeleologia de Pombal).
É então que a 1 de Agosto de 1997 nasce o GPS que neste mesmo mês começou de imediato a fazer as suas descobertas, dando a conhecer locais de beleza única a Pombal. Ao fim de 10 anos têm agora um vasto leque de descobertas, do qual têm um enorme orgulho.
Além de descobrir grutas e explorá-las este grupo tem também nas mãos outras actividades como a formação. Cláudia Neves é a presidente desta associação e a’ O ECO explicou que a espeleologia é um mundo muito mais vasto do que parece “a nossa formação tem três níveis, o primeiro é a descoberta da espeleologia com a ida a uma gruta, o nível dois é a iniciação a esta actividade com uma vertente mais técnica, ou seja, habilita uma pessoa a acompanhar uma expedição e o nível é uma formação mais avançada na actividade habilitando o praticante para a organização e realização de actividades espeleológicas”.
Graças a estas formações e também ao sucesso desta colectividade, o GPS é um grupo que tem cerca de 85 sócios, todos eles espeleológicos e praticantes activos.
A busca de novos paraísos, escondidos debaixo do chão tem sido uma constante na vida destes jovens. Logo no ínicio da sua vida descobriram a nascente do Algarinho, em Penela, “fizemos uma desobstrução e descobrimos logo quilómetro e meio de gruta ao pé da que já existe”. E alguns anos depois, em 2001, fizeram uma descoberta que pode dizer-se histórica, o achado de uma lança da idade do bronze no mesmo local que “hoje é a mais perfeita alguma vez acahada em Portugal”, disse orgulhosamente Cláudia Neves, acrescentando “descobrimos também uma pegada de dinossauro em Abiúl, mas isso ainda está para ser analisado”.
Grutas e algares foram igualmente descobertos pelo GPS “aqui não é importante o tamanho do algar ou da gruta, mas sim a desoberta. Ficamos contentes por descobrir tanto uma gruta como um buraquinho”, disse Cláudia Neves de um forma divertida.
Até agora o mais profundo que encontraram foi o algar do abismo, descoberto em 2005, que até ao momento conta com 107 metros de profundidade.

V Festa da Espeleo em Ansião

Tem como fim o convívio entre os espeleologos nacionais e estrangeiros, aquisição de novas experiências e conhecimentos.
 

in: Eco de Pombal. 2752, 22Nov07