Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Presidentes de câmaras queixam-se de discriminação

07.12.07, ansiaonews
Os autarcas social-democratas de Ansião e Pombal, bem como o comunista da Marinha Grande reclamam para os seus municípios um tratamento igual ao concedido à Câmara de Lisboa, que vai beneficiar de um regime de excepção para pedir um novo empréstimo de 400 milhões de euros.
Fernando Marques, presidente da Câmara de Ansião e da Distrital do PSD de Leiria, realçou o facto do Tribunal de Contas lhe ter chumbado um empréstimo semelhante ao aprovado em Lisboa. Sendo uma das duas dezenas de autarquias portuguesas assinaladas pelo Governo como incumpridoras do tecto de endividamento fixado, Ansião queria o dinheiro “para pagar facturas que se estão a dever”, mas o “Tribunal de Contas não me deu o visto e rejeitou-me o empréstimo”, recordou Fernando Marques, que promete aguardar com “interesse” qual a posição futura daquele órgão judicial.
Por seu turno, o autarca de Pombal, Narciso Mota, referindo-se ao colega da capital do país, António Costa, lamentou que “ele agora, como está a governar a Câmara de Lisboa deve fazer uma introspecção em relação ao comportamento que teve enquanto ministro”, não aceitando as “propostas da Associação Nacional de Municípios”, afirmou à Agência Lusa o presidente da Câmara de Pombal.
Mais a Sul, Alberto Cascalho, presidente da Câmara da Marinha Grande (CDU), apelou ao Governo para que autorize “medidas de excepção para todas as câmaras” que necessitem de novos empréstimos devido a dificuldades financeiras.
“Eu estou inteiramente de acordo com o empréstimo” mas isso também deveria ter sido autorizado a outros municípios, acrescentou.
 

in:As Beiras, 7Dez07

Curso EFA B3 de Serviço de mesa apresenta almoço com todas as regras de aprendizagem

07.12.07, ansiaonews
 

Na casa dos amigos de Erbach, o curso de Formação EFA B3 de Serviço de Mesa, administrado pela Profiforma e com o apoio da AEDA, apresentou, dia 5 de Dezembro, um almoço, em que os formandos procuraram aplicar todas as normas que o curso lhes proporciona. Assim, tivemos ocasião de apreciar o cerimonial e a correcta disposição de todas as partes  que compõem uma mesa de almoço, desde os talheres, guardanapos, pratos, copos, até à forma como os serventes (formandos) se apresentavam e as informações que prestavam sobre os produtos e sua preparação.

 

 

 

Este almoço foi ocasião para o grupo apresentar o resultado do seu trabalho, com várias informações acerca do curso e a sua implantação na região de Ansião, na procura de uma gastronomia regional que possa fundamentar muitos dos pratos que se confeccionam nos  restaurantes locais.

 
 

Esperamos agora encontrar estes formandos nos locais onde habitualmente tomamos as nossas refeições, de modo a que, pouco a pouco, possamos ter serviços de restauração em que todos os funcionários sejam pessoas formadas e conscientes do seu papel profissional.

É muito comum serventes de mesa a quem perguntamos de que se compõe determinado prato e a resposta ser, "não sei bem", ou "espere que vou perguntar à cozinha", além de serem esquecidos muitos pormenores de serviço e de atendimento que urge corrigir.

Resta acrescentar que a AEDA em colaboração com a Profiforma tem vindo a proporcionar vários cursos formativos, nomeadamente da Rede alfa.com, a fim de que possamos, gradualmente, ter  uma camada social muito mais formada, procurando  a equiparação com o resto da Europa, na qual queremos estar , conscientes de que, neste mundo concorrencial, só equipas bem formadas podem competir em igualdade de circunstâncias com os povos mais desenvolvidos.

António Simões

Óbidos não votou nas eleições que reelegeram Fernando Marques

07.12.07, ansiaonews
Texto deSílvia Reis
 

As eleições para a Comissão Política Distrital de Leiria do Partido Social Democrata, na passada sexta-feira, tiveram a abstenção forçada dos militantes de Óbidos. Os cadernos eleitorais, remetidos pela secretaria-geral do PSD, não chegaram e, por isso, não houve lugar a qualquer voto na Secção de Óbidos.
“São coisas que acontecem, mas não é normal”, diz ao REGIÃO DE LEIRIA Telmo Faria, presidente da mesa da assembleia da Secção social-democrata de Óbidos.
O responsável admite que pode estar-se perante “um extravio dos Correios” e deu conta do sucedido ao secretário-geral do partido no dia seguinte ao acto eleitoral, que “me informou que todos os cadernos eleitorais foram enviados, no mesmo dia, para todas as secções do distrito”.
O certo é que, mesmo que votassem, os militantes social-democratas não evitariam a reeleição de Fernando Marques, presidente da Câmara Municipal de Ansião.
O autarca ganhou em todos os concelhos do distrito, com excepção de Óbidos (que não votou) e Castanheira de Pêra (em que os quatro votantes optaram pela abstenção). E alcançou uma vitória esmagadora - 1.226 boletins contabilizados a seu favor - contra os 54 obtidos pela lista liderada por Jorge Marques, cuja candidatura surgiu cinco dias antes do acto eleitoral.
Acompanham Fernando Marques na Comissão Política Distrital do PSD e na qualidade de vice-presidentes José António Silva (presidente da Concelhia de Leiria) e Fernando Costa (presidente da Câmara de Caldas da Rainha). Gonçalves Sapinho, presidente da Câmara de Alcobaça, é o responsável pela mesa da Assembleia Distrital, enquanto José Lalanda Ribeiro (ex-deputado na Assembleia da República) lidera o Conselho de Jurisdição Distrital. Será este responsável, aliás, que terá nas mãos a análise da ausência de votação em Óbidos para as eleições realizadas na última sexta-feira.
Objectivos. Manter a liderança da maioria das autarquias (o PSD conquistou nas últimas eleições autárquicas 12 dos 16 municípios do distrito) é o objectivo de Fernando Marques e da equipa que o acompanha na Comissão Política Distrital. A esta missão acresce uma outra: “contribuir para a formação de uma alternativa credível de Governo do país liderada pelo Partido Social Democrata e pelo seu líder, Luís Filipe Meneses”.

Sem explicações

Até ao fecho desta edição não foi possível obter qualquer explicação da Secretaria-Geral do PSD sobre a ausência de cadernos eleitorais na Secção de Óbidos. O pedido de informação formulado segunda-feira àquele órgão, com sede em Lisboa, não obteve resposta.

in: Região de Leiria, 7Dez07

Óbidos não votou nas eleições que reelegeram Fernando Marques

07.12.07, ansiaonews
Texto deSílvia Reis
 

As eleições para a Comissão Política Distrital de Leiria do Partido Social Democrata, na passada sexta-feira, tiveram a abstenção forçada dos militantes de Óbidos. Os cadernos eleitorais, remetidos pela secretaria-geral do PSD, não chegaram e, por isso, não houve lugar a qualquer voto na Secção de Óbidos.
“São coisas que acontecem, mas não é normal”, diz ao REGIÃO DE LEIRIA Telmo Faria, presidente da mesa da assembleia da Secção social-democrata de Óbidos.
O responsável admite que pode estar-se perante “um extravio dos Correios” e deu conta do sucedido ao secretário-geral do partido no dia seguinte ao acto eleitoral, que “me informou que todos os cadernos eleitorais foram enviados, no mesmo dia, para todas as secções do distrito”.
O certo é que, mesmo que votassem, os militantes social-democratas não evitariam a reeleição de Fernando Marques, presidente da Câmara Municipal de Ansião.
O autarca ganhou em todos os concelhos do distrito, com excepção de Óbidos (que não votou) e Castanheira de Pêra (em que os quatro votantes optaram pela abstenção). E alcançou uma vitória esmagadora - 1.226 boletins contabilizados a seu favor - contra os 54 obtidos pela lista liderada por Jorge Marques, cuja candidatura surgiu cinco dias antes do acto eleitoral.
Acompanham Fernando Marques na Comissão Política Distrital do PSD e na qualidade de vice-presidentes José António Silva (presidente da Concelhia de Leiria) e Fernando Costa (presidente da Câmara de Caldas da Rainha). Gonçalves Sapinho, presidente da Câmara de Alcobaça, é o responsável pela mesa da Assembleia Distrital, enquanto José Lalanda Ribeiro (ex-deputado na Assembleia da República) lidera o Conselho de Jurisdição Distrital. Será este responsável, aliás, que terá nas mãos a análise da ausência de votação em Óbidos para as eleições realizadas na última sexta-feira.
Objectivos. Manter a liderança da maioria das autarquias (o PSD conquistou nas últimas eleições autárquicas 12 dos 16 municípios do distrito) é o objectivo de Fernando Marques e da equipa que o acompanha na Comissão Política Distrital. A esta missão acresce uma outra: “contribuir para a formação de uma alternativa credível de Governo do país liderada pelo Partido Social Democrata e pelo seu líder, Luís Filipe Meneses”.
 

in: Região de Leiria, 7Dez2007