Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Ansião News

As notícias e comentários sobre o concelho de Ansião

Autarquia negociou gasóleo mais barato

01.11.07, ansiaonews

A Câmara Municipal de Ansião está a consumir gasóleo nas suas viaturas a um preço inferior em cerca de 16 cêntimos em relação aos valores médios praticados nos postos de abastecimento de combustíveis.

 O presidente do Município de Ansião já se deve ter congratulado por várias vezes, ao longo das últimas semanas, pela decisão de ter comprado gasóleo em grandes quantidades, garantindo um preço constante do combustível ao longo dos próximos três anos, independentemente das oscilações que o preço do petróleo venha a sofrer. Até agora te sido só poupar, atendendo ao aumento diário do valor do barril do petróleo.
 Numa decisão praticamente inédita entre as autarquias portuguesas, os serviços da Câmara Municipal de Ansião abriram concurso público, publicado no passado dia 20 de Abril, para o fornecimento de 500 mil litros de gasóleo.
 Segundo Augusto Cymbron, presidente da Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC), foram apresentadas quatro propostas, duas de petrolíferas e outras duas de grandes distribuidoras de combustíveis. A proposta com valor mais baixo foi de 397.535 euros, a que acresceu IVA. Os valores das outras propostas foram de 399.863 euros, 401.690 euros e 404.920 euros. Este montante corresponde a 0,962 euros por litro, quando o preço nos postos de abastecimento rondava ontem 1,12 euros.
 O concurso contempla entregas mensais de 10 a 12 mil litros de gasóleo, a começar no passado mês de Julho e a terminar no dia último dia de Novembro de 2010. A autarquia tornou bem claro, de acordo com os termos do concurso, que o critério de adjudicação seria o da proposta economicamente mais vantajosa, sendo que o preço, com descontos concedidos, teria um peso de 60 por cento na decisão e a forma de pagamento um peso de 40 por cento. Segundo informação prestada ao DIÁRIO AS BEIRAS pelos serviços da autarquia de Ansião, “é prática normal a autarquia abrir concurso para fornecimento de combustíveis, adjudicando a fornecimento à melhor proposta”.
 Este caso motivou, há cerca de duas semanas, um lamento de Augusto Cybron, por constatar que ao mesmo tempo que algumas petrolíferas se queixam de que não é possível encolher mais a sua margem de lucro, por outro lado conseguem praticar preços mais atractivos quando o comprador não é o consumidor comum.
 A ANAREC fez questão de apresentar este caso aos deputados da Comissão Eventual para Acompanhamento das Questões Energéticas. Augusto Cymbron, questionou: “Como é que estas petrolíferas e distribuidoras conseguem baixar o preço quando vendem às autarquias e dizem que não conseguem baixar quando nos vendem a nós?”.
 Os dados da ANAREC revelam que a margem dos concessionários de combustíveis é de 3,5 cêntimos por cada litro, restando um lucro de 2,5 cêntimos depois de pagas todas as taxas.

in:AS Beiras, 1Nov07

Escola Secundária de Raúl Proença é a nº1 do distrito

01.11.07, ansiaonews

Caldas da Rainha
Escola Secundária de Raúl Proença é a nº1 do distrito

A Escola Secundária de Raúl Proença, nas Caldas da Rainha, é a escola melhor classificada no ranking dos estabelecimentos de ensino no distrito de Leiria, encontrando-se entre as 40 melhores do País, numa lista onde estão 607 escolas.

O Ministério da Educação publicou no site do Júri Nacional de Exames a base de dados com todas as notas dos exames nacionais do Secundário. Os dados são trabalhados pelos vários órgãos de Comunicação Social, cada qual com o seu critério, pelo que é usual cada meio ter o seu próprio ranking.

 As listas respeitam apenas aos dados disponibilizados pelo Ministério da Educação e trabalhados pela imprensa. A tutela não divulga qualquer ranking.

O JORNAL DAS CALDAS reportou-se a dois rankings divulgados por matutinos – o Diário de Notícias (DN) e o Correio da Manhã (CM). O primeiro coloca a Escola Secundária de Raúl Proença na 38ª posição e o segundo na 43ª. Independentemente do lugar, é apontada como a melhor do distrito de Leiria.

No caso do ranking do DN, tem em conta as médias de resultados obtidos pelos alunos internos na primeira fase dos exames nacionais do Secundário. Foram consideradas as 20 disciplinas com mais provas realizadas (13 do 12º ano e 7 do 10º e 11º anos).

Nesta classificação, a escola das Caldas da Rainha, em 38º, é seguida no distrito por uma escola secundária da Batalha, em 54º lugar a nível nacional. Outros estabelecimentos de ensino das Caldas da Rainha vêm em 126º lugar – Colégio Rainha D. Leonor, e em 159º lugar – Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro.

No ranking do CM, os critérios foram as notas dos exames realizados pelos alunos internos, nas 1ª e 2ª fases, nas disciplinas de Matemática, Português B, Psicologia, Biologia, Química, História, Física, Desenho A, Filosofia, Inglês e Física e Química A. São as disciplinas com mais provas realizadas e as mais comuns à esmagadora maioria dos estabelecimentos de ensino.

A Escola Secundária de Raúl Proença alcança o 43º lugar, sendo seguida no distrito de Leiria por uma escola de Ansião, que a nível nacional fica em 45º. A Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro fica em 211º lugar e o Colégio Rainha D. Leonor não entra na lista devido ao critério utilizado.

José Pimpão, presidente do conselho executivo da Escola Secundária de Raul Proença, manifestou ao JORNAL DAS CALDAS que “o ranking baseia-se nos resultados dos exames, que são um indicador, mas há outros aspectos que levariam a Escola a subir mais, como as condições dadas aos estudantes – a biblioteca, núcleos e clubes, educação para saúde, ocupações e apoio aos alunos, e desporto escolar”.

Não trabalhamos para o ranking, mas tentamos criar condições para os estudantes e os resultados saem naturalmente”, declarou.

O responsável indicou ainda o “corpo docente experiente, não sujeito a variações, porque todos os professores são do quadro”.

O presidente do conselho executivo apontou também que ”não há casos de complicações a nível disciplinar”.

Do ponto de vista físico, “embora os blocos não tenham uma arquitectura das melhores, são espaços abertos”, o que torna a escola atractiva.

O estabelecimento de ensino costuma estar entre as melhores escolas do distrito e com a classificação deste ano José Pimpão acredita que haverá uma “maior tendência das famílias tentarem colocar na nossa escola os estudantes que querem prosseguir estudos superiores”.

A procura da escola é elevadíssima, temos 44 turmas e 1100 alunos e tivemos de mandar duas para outros estabelecimentos”, revelou José Pimpão.

Francisco Gomes


EB2-3 D.João II das Caldas é a melhor nos exames do 9º ano

Segundo o ranking de escolas divulgado pela estação de televisão SIC, baseado nos dados do Ministério da Educação, relativamente aos exames de 9º ano de Língua Portuguesa e Matemática, a EB2-3 D.João II lidera os resultados das escolas do concelho de Caldas de Rainha e das escolas públicas da zona Oeste.

Ranking a nível nacional - escolas situadas no concelho de Caldas da Rainha:
Nº68 - EB23 D.João II
Nº250 - EBI de Santo Onofre
Nº278 - ES/3 Raul Proença
Nº281 - EBI/JI de Santa Catarina
Nº1049 - ES/3 Rafael Bordalo Pinheiro

Tendo apenas em consideração as escolas públicas, a EB2-3 D.João é a 13ª escola pública a nível nacional e ocupa o 1º lugar de entre as escolas públicas da zona Oeste.

Relativamente aos resultados de todas as escolas da zona Oeste (públicas e privadas), a EB2-3 D.João II ocupa o 2ºlugar, sendo apenas superada pelo estabelecimento de ensino privado Externato João Alberto Faria, em Arruda dos Vinhos.

in: JornalOeste on line, 1Nov07